Afectos


Mais do que o amor, os afectos

Mais do que as paixões, os afectos

Mais do que o sexo, os afectos

Mais do que um olhar guloso ou lascivo, os afectos

Mais do que a comunicação em palavras e gestos, os afectos

Mais do que admiração, a ânsia de deter-se no instante lírico, os afectos

Mais do que uma viagem no interior da essência humana, os afectos

Mais do que o Sol na encosta do rio feminino, os afectos

Mais do que o prazer estonteante, os afectos

Há que cultivar os afectos para se ter e sentir o amor fervente e paixão incandescente, embrulhados no pacote existencial

Há que plantar e regar afectos e no fim da estação colher a inspiração com a qual sentir o hálito de amor louco fermentado na lucidez da imaginação

Afectos

apenas afectos que podem sulcar versos nos corações de dois querentes de um orgasmo celestial

Afectos

Há que olhar o mundo com a lente da amizade para que os afectos sejam a chave do amor fraternal.

90 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O teu silêncio machuca O teu silêncio fala e diz algo que não apazigua o meu coração O teu silêncio transmite frieza e distância Teu silêncio silencia a minha voz, as minhas vontades, as minhas div