CONFUSÕES EXISTENCIAIS



Nove meses no território amniótico materno

Onde terei estado antes dessa existência?

Cinquenta e tal anos de idade etária

e a caminho da morte inevitável

Para onde irei depois do desaparecimento físico?

Há quem diga

que existe no Céu: Paraíso e Inferno

E quem me garante

que a Terra onde habito

não seja o propalado inferno?!

A ser Inferno

acredito que o DEPOIS

só pode ser o Paraíso eterno

E a falar da ETERNIDADE

custa-me acreditar

no SEM FIM das coisas....

É que

se as coisas forem eternas

quando é que serei outro SER

diferente do que sou?!

E a religião dos Homens

continua a vender bilhetes do Futuro

que os próprios Profetas não compram para

si próprios

sua família

seus amigos & companhia

Se o Paraíso

é essa harmonia e absoluta paz espiritual

porquê os queridíssimos Apascentadores

tratam ainda a morte como um demónio a ser vencido?!

Porquê os mesmos

não se importam de ir hoje mesmo

para o Céu e re-habitar

esse Território do Além

e viverem a vida prometida

na Bíblia das suas interpretações?!

Porquê os entendidos da vida após vida

não nos dão as chaves da sabedoria do mundo Incognito?!

Não serão os vigários

os renegados do Paraíso

que se aproveitam de seus dons existenciais

e instituem dízimos para seus apetites térreos?!

Acredito nas ETAPAS existenciais:

Nascimento-Crescimento-Morte

nas sob-etapas vivenciais

e, evidentemente, no Retorno Eterno renovado

passando por EUS que nunca fora

ONTEM, um simples ar num invólucro espermatozóidal

HOJE, uma realidade cheia de dúvidas e certezas

AMANHÃ, uma ponte para o infinito Celestial

Tanto sofrimento na terra

Tantas batalhas por travar

Tantas incompreensões por passar

Tanta maldade por engolir

Tantos porquês por repensar

Tanto sangue por recolher dos esgotos humanos

Tantas certezas de engano e desengano ao semelhante

Tanta fome e pouca vontade de curá-la

Tanta retórica e pouca acção concreta

Tanta teorização e nada de consubstanciação

Tanta frontalidade e poucas soluções reais

Depois desta VIDA

haverá ainda sofrimento no Além?

E qual será a sequência dessa nova forma de existir?!

E a pergunta que não se engarganta é:

Qual é o verdadeiro sentido da vida, aliás, da Existência?!


22 Agosto 2022


Smartino Na-Phiri

58 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O teu silêncio machuca O teu silêncio fala e diz algo que não apazigua o meu coração O teu silêncio transmite frieza e distância Teu silêncio silencia a minha voz, as minhas vontades, as minhas div

O MEU NOME