Perdoacão

Atualizado: 23 de out. de 2021

Eu não vou perdoar

não vou mesmo

a todos aqueles que estão a colonizar passionalmente o meu coração

incluindo os que arruínam o meu ego

Não vou perdoar

aos descomedidos que derrocam esta terra

incluindo os moleques condescendentes do que é soberano

a todos os regentes, que vestidos de franquias,

confundem o bem comum com a propriedade individual

aos escritores que compram inspirações

incluindo os que publicam em seu nome versos de outrem

as amantes que escangalham lares

incluindo as esposas que condescendem esses abusos

aos homens que engatam mulheres valendo-se de truques monetários

incluindo os que compram cabelos artificiais e investem em futilidades

Não vou perdoar aos que

cabulam nos testes escolares

falsificam testes médicos

roubam coisas alheias

violam leis e modus vivendi de um povo

apagam estrelas dos outros

acendem fogueiras da maldade

corrompem mentes cândidas

investem ódio aos bem sucedidos e honestos

inventam verdade e ou mentiras para beneficio próprio

irrespondem perguntas como forma de se camuflarem

ditam regras e são os primeiros a descumprir

arrecadam fortunas sem merecer

cobram salários sem trabalhar

amam por desporto e sem pingos de sentimentos

jogam fora a comida que devia ser para o guarda ou vizinho necessitado

reclamam com a barriga cheia

vão a igreja à procura de refúgio e não da fé

Não vou perdoar

Juro que não vou perdoar mesmo

aos lesa-pátrias

aos caloteiros

a todos aqueles aproveitadores, mentirosos e oportunistas

Não vou perdoar

a todos aqueles que não sabem

que este país é fruto de sangue derramado

de um grupo de filhos deste Moçambique real

Não vou perdoar

Não vou mesmo perdoar

aos que não sabem o significado do patriotismo

e expõem a Pátria aos alofilos

e a vendem por promessas inexequíveis.


03.09.2021

29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O teu silêncio machuca O teu silêncio fala e diz algo que não apazigua o meu coração O teu silêncio transmite frieza e distância Teu silêncio silencia a minha voz, as minhas vontades, as minhas div